Dicas de como convencer sua empresa a investir em você

0
0 Flares Facebook 0 LinkedIn 0 0 Flares ×

1.       Reúna as vantagens e características que são valorizadas

Antes de sugerir qualquer treinamento de qualificação para seu gestor, tenha certeza que está relacionado a algo que ele valoriza e o porquê de sua necessidade e importância. É importante se colocar no lugar dele e ter em mente respostas como:

– Por que este treinamento é importante para a organização? Lembre-se que tem que estar claro que se trata de um investimento e não de um gasto e que retornos positivos são esperados: aumentar a produtividade, reduzir as variações (não conformidades, reclamações, gastos, etc.). A melhor forma de convencer alguém a fazer algo é provando sua eficiência.

– Por que determinado profissional é que deve participar deste treinamento? Adote argumentos que demonstrem uma evolução do conhecimento do colaborador, incluindo sua multifuncionalidade e novos desafios que podem ser incorporados pelos mesmo.

Utilize, sempre que aplicável, palavras como: Aumentar, garantir, elevar, reduzir, ganhar, multiplicar. Evite termos como: “seria legal um treinamento neste momento”; “o pessoal poderia participar de um treinamento para aumentar a motivação da equipe”, “podemos aproveitar a queda no serviço para qualificar nossos colaboradores (Pode dar a impressão de prepará-los para o mercado fora da organização)”, etc.

2.       Elabore uma estratégia de apresentação

Levante todas as informações relacionadas ao treinamento, incluindo:

– Custo total da atividade (infraestrutura do local, deslocamento, material para o evento, etc.), além de coffee break, almoço, entre outras despesas;
– Competência do responsável pelo evento (instrutor e/ou profissionais envolvidos);
– Objetivo do treinamento e retorno esperado (como poderá ser medido ou comprovado o aprendizado e o retorno sobre o investimento);
– Quem deve participar (deslocamento, hora-extra, etc.).

Tenha em mente a situação financeira da organização e a disponibilidade de recurso para esta atividade. A empresa possui uma cultura para realização de treinamentos? Caso não tenha, é importante ir com mais cautela na apresentação.

 

3.       Pesquise outras organizações e concorrentes que já fizeram o treinamento

Levante o nome de empresas reconhecidas no segmento em que atua sua organização, incluindo concorrentes e benchmarking (pode ser aquela organização que seu gestor cita como bom exemplo ou referência para o negócio) para verificar se já participaram de evento similar (muitos gestores buscam fazer o que fazem estas empresas no mercado, como forma de aumentar sua proximidade com a competência das mesmas, além de que ninguém gostar de ficar “atrás dos concorrentes”). Isto pode ser feito de várias formas:

– Levantamento junto a empresa que ministrará o treinamento sobre os clientes já atendidos e vantagens;
– Contato com empresa do setor em que atua, para pesquisar entidades que reconhecem no mercado de treinamento;
– Pesquisa na internet em sites de treinamento;
– Etc.

Mesmo considerando que o treinamento é um investimento e não um desperdício (ou somente gasto), precisamos pensar como um gestor que irá investir e espera ter um retorno em um prazo adequado. Com isso em mente, precisamos atribuir valores ao que é aprendido nos treinamentos, por exemplo, o quanto foi ganho a mais com vendas, redução de devoluções, etc. com o treinamento que foi realizado.

 

Compartilhe

Sobre o Autor

Comentários no Facebook